Como tomar as decisões corretas nos negócios?

Como tomar as decisões corretas nos negócios?

Como tomar as decisões corretas nos negócios?

 

Um dos grandes problemas dos empreendedores, é não saber tomar as decisões certas, este é um dos maiores causadores de prejuízos e até mesmo da falência nas empresas. E este problema acaba sendo inconsciente e muitas vezes passa despercebido. Os empreendedores reclamam por ter investido errado, por parar algo que estava dando certo, por manter algo que estava dando problemas, mas não entendem a raiz do problema que é por não saberem a forma correta de tomar uma decisão.

 

Mas hoje vamos dar a você a direção para que a partir de agora você alinhe as peças do quebra-cabeça da sua empresa e comece a tomar as decisões corretas para criar um futuro de crescimento para o seu negócio. Inicialmente quero lembrar a vocês que os riscos de um negócio são incontroláveis, você está sujeito a aparecer um concorrente forte, brigas entre os sócios, uma não aceitação do mercado sobre seu produto, riscos que não podemos ter total controle, mas entenda uma coisa os erros você pode evitar e para fazer o negócio ter sucesso não é se expor menos aos riscos, em muitos casos devemos sim arriscar, mas sempre com clareza na decisão em que você está tomando, para evitar os erros.

 

Vamos lá, agora você vai aprender os 4 fundamentos mais importantes para você tomar decisões assertivas na sua empresa.

 

1 – Saiba sua direção, tenha um objetivo bem definido no negócio.

 

Um dos erros comuns entre os empreendedores é seguir com o negócio sem ter clareza de onde ele quer chegar, isso é um grande problema, porque se você não sabe exatamente para onde está indo as chances de você ficar mudando de caminho o tempo inteiro, perdendo o seu foco, se envolver em muitos projetos e ficar sobrecarregado são muito grandes.

 

Uma vez que você tem um objetivo bem definido e sabe onde você quer chegar com seu negócio, você vai dizer NÃO para tudo aquilo que tira o seu foco, e vai dizer SIM para aquilo que está alinhado com os seus objetivos.

 

Portanto, o primeiro fundamento para se tomar uma decisão eficiente é ter objetivos claros e verificar se a decisão que você pretende tomar está alinhada ao objetivo principal do seu negócio. Se um serviço que você pretende contratar, um projeto que você vai dedicar o seu tempo, um investimento que você quer fazer não estiver alinhado com seu objetivo principal, pode descartar que por melhor que pareça agora, vai ser uma decisão que vai te atrapalhar a longo prazo, te tirando da sua direção principal.

 

2 – Deixe os achismos de lado e se baseie em dados.

 

Um outro erro comum aos empreendedores é tomar decisões baseadas em achismos, baseadas apenas na percepção limitada de uma ou um grupo de pessoas, isso gera muitos problemas também, afinal nem tudo que pensamos de fato condiz com a realidade do negócio e a realidade do mercado que estamos. A forma correta de tomar uma decisão, não é pelo que achamos e sim através de análises de dados e métricas, pode parecer complexo, mas é bem simples.

 

Se você quer vender mais e precisa tomar uma decisão de onde você vai investir seu dinheiro para conseguir mais clientes, você pode achar que a solução é abrir uma loja física, criar um site, anunciar na rádio, patrocinar um post no Instagram, todas essas opções podem até ser válidas, mas apenas o que você acha, não pode ser critério para tomar uma decisão. Busque antes analisar e responder algumas perguntas:

 

  • Porque eu não estou vendendo como eu queria? Onde está o problema?
  • De onde vieram meus principais clientes?
  • Eu estou abordando pessoas o suficiente? Minhas abordagens estão sendo efetivas?
  • O que meus concorrentes estão fazendo?
  • Quais meus diferenciais competitivos?

 

Faça este tipo de pesquisa antes e quando estiver com as respostas, quando você tiver dados, informações, aí sim você poderá analisá-los e tomar uma decisão assertiva, baseada em dados e não simplesmente naquilo que você acha que vai dar certo.

 

3 – O Cliente é o centro de toda empresa.

 

Se sua maior preocupação não for com seus clientes, sua empresa corre um grande risco de não se sustentar no longo prazo. O Centro da sua empresa precisa ser seus clientes, muitas empresas acreditam que ter bons produtos é o mais importante, mas antes você deve-se perguntar:

 

  • O que meus clientes estão buscando?
  • Quais problemas eles tem que eu possa resolver?
  • Quais impactos essa decisão terá sobre meus clientes?

 

Antes de lançar um produto novo, fazer uma estratégia nova, ampliar sua equipe, investir em projetos, pense no seu cliente em primeiro lugar, foque em atender as necessidades dele e criar uma relacionamento entre ele e sua marca.

 

Muitas empresas fazem grandes campanhas para um produto novo, para depois terem prejuízos e descobrirem que não era exatamente o que os clientes queriam, ESCUTE SEUS CLIENTES.

 

4 – Escute opiniões diferentes.

Um outro ponto importante na tomada de decisão é escutar mais opiniões e buscar pessoas que pensem diferentes, isso vai expandir a sua mente para novas alternativas e fará com que você encontre pontos negativos a serem melhorados.

 

Entenda a visão dos demais sócios, e escute também seus colaboradores, seu conhecimento é estratégico, mas algumas decisões exigem saber o que ocorre no operacional, no dia a dia da empresa. Nesse momento, é fundamental saber ouvir os colaboradores. Eles ajudam a formar sua opinião e indicam o que precisa ser corrigido e o que já funciona muito bem.

 

As escolhas difíceis precisam ser pensadas de maneira diferenciada. Isso porque quando você considera apenas o que parece ser o seu melhor caminho a seguir, você pode agir pela emoção, então busque pessoas com opiniões diferentes, se abra a novas alternativas.

 

Por fim, vamos aglomerar estes fundamentos em um checklist, uma lista de tarefas para você executar antes de tomar uma decisão importante.

 

Estarei considerando que você já tenha objetivos claros e definidos.

 

CHECKLIST DA DECISÃO CORRETA:

 

  • Analisar se a decisão está alinhada com os objetivos principais do negócio e não vai alterar a direção.

 

  • Fazer uma pesquisa, para ver se esta decisão é baseada em informações e dados importantes da empresa.

 

  • Entender a relação entre essa decisão e as necessidades do público que você atende.

 

  • Escutar pelo menos 2 opiniões diferentes, para entender os pontos negativos e positivos da decisão.

 

Este foi mais um conteúdo do Blog Partilhar, Espero que tomem as decisões corretas e eliminem os erros, minimizem os riscos e tenham ótimos resultados! 

 

Categorias

Fique Ligado!

Deixe seu e-mail para receber nossos conteúdos em primeira mão!